Arquivo do mês: maio 2011

Como sempre, o vento.

É uma ansia de voltar ao útero materno, uma busca desesperada por proteção. Deitada na colcha florida, você se encolhe,  buscando ser aquecida pelo sol que entra pela janela-porta. Em vão! O vento é frio, corre por dentro do seu … Continuar lendo

Publicado em Fatos, Ficção, Reflexão | Marcado com , , , | Deixe um comentário

Antes absolutamente só, do que absurdamente mal acompanhada.

Publicado em Fatos, Reflexão | Marcado com | Deixe um comentário

Meu mundo

No meu mundo felicidade tem toque de recolher. Aqui tudo é regrado. Sorriso tem os centimetros contados. Abraços, beijos, carinhos, tudo muito bem calculado e dividido. Aqui não se tem desejos. Os impulsos, mesmo que sejam benignos, são terminantemente proibidos. … Continuar lendo

Publicado em Ficção, Reflexão | Marcado com , | Deixe um comentário

Estupidamente linda, Silenciosamente ácida, Sincera demais, Desvairadamente decidida, Certamente sozinha, Deliciosamente intensa, Fascinante Incógnita.

Publicado em Reflexão | Marcado com , | Deixe um comentário

Amor

Ele te encara sem medo. Tem olhar firme, confiante. Te envolve com braços fortes e sussurra poesias. Te beija e tira sua paz. Depois se vai com o vento… deixando angústia.

Publicado em Reflexão | Marcado com | Deixe um comentário

Passado

Coloca pra tocar numa vitrola aquele disco antigo que faz lembrar épocas melhores. De quando éramos jovens demais pra entender a tristeza de viver e morrer. Um tempo que passou rápido, tão rápido, que não me recordo de ter tido … Continuar lendo

Publicado em Reflexão | Marcado com , , | Deixe um comentário

Você

Esse ar misterioso, Essa maldade construída que já não me atraem. Essa falsa segurança que faz de você o mais esnobe e ridículo ser da face terrestre. É mais fácil personificar um alguém que me excite? Não consegue ser comum, … Continuar lendo

Publicado em Reflexão | Marcado com | Deixe um comentário