Arquivo do mês: novembro 2011

Ela

Ela vem, com pés descalços sorri e se lança na brisa cheirosa que a dama da noite deixou. Ela vem sem temor, sem pudor, sem louvor. Pois não quer ser dama, quer ser chama! Ela vem, mas logo se vai … Continuar lendo

Publicado em Ficção, Reflexão | Marcado com , | Deixe um comentário