Ser (in)completo

Chama de linda,
leva ela pra casa..
Diz que ela faz cara de.. safada
E depois que acaba
desembaraça e vai embora
jurando nunca mais voltar

E mesmo sabendo do seu pouco apreço
te dá prazer e faz você querer
estar no drama,
na sua cama..
Até amanhecer

Relaxa…
Ela sabe que é preciso
de mais calor.
Mas antes disso, ela vai provar dessa dor intensa que só você sabe provocar
Que é pra fazer ela falar
de amor.

De como ainda é pouco
o seu
que parece só te satisfazer
E que a faz querer se amar ainda mais

E você vai embora, sim!
Ela senta e chora, sim!
Mas ao se olhar no espelho ela ainda vai encontrar alguém
que você não é capaz de enxergar.

Anúncios
Esse post foi publicado em Reflexão. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s