Arquivo do autor:Babi

.

Somos seres insatisfeitos. Poucas vezes a nossa grama parece “ok”, já perceberam? A do vizinho costuma ser mais verde. Com as redes sociais, com essa era de tecnologia, desenvolvimento e velocidade, tudo ganha proporções gigantescas. Vitórias, derrotas… Conquistas que deveriam … Continuar lendo

Publicado em Reflexão | 1 Comentário

Miragem

Olhares, horas, lugares As lágrimas não rolam, mas há saudade. Meu medo é que não dá pra (te) controlar. Queria que fosse menos fácil tirar a minha sanidade. Gozo, riso, vontade Pisando em nuvens e prestes a despencar. Teu cheiro … Continuar lendo

Publicado em Reflexão | Deixe um comentário

sempre perto do limite entre a necessidade e o que meu ego exige que seja feito. me expressar? Ok! te esperar? Jamais. não dá pra ser feliz se eu for deixada pra trás, dá? e mesmo que eu não saiba … Continuar lendo

Publicado em Sem categoria | Deixe um comentário

Me(l)

Uma foto Vários casais, duas mulheres solteiras. Te perguntei se conseguiria medir a felicidade deles por aquela imagem. Você me disse que as mulheres solteiras deveriam estar infelizes. Te disse que elas estavam bem sorridentes. Sorriso é sintoma de satisfação? … Continuar lendo

Publicado em Sem categoria | Deixe um comentário

Agosto, Augusto

Augusto, Eu sempre escrevo sobre ti. Sobre como me causa sentimentos inexplicáveis, sobre como me vira do avesso e me tira do eixo. Agosto, te chamo Augusto para personificar e me fazer parecer menos maluca quando digo que o odeio. … Continuar lendo

Publicado em Sem categoria | Deixe um comentário

Lília *

Eu nasci nessa terra, por entre as raízes de ouro Minha alma cheira café fresco meus cabelos são fumaça ao vento meu coração mora nessa mina, lapidado feito diamante que brilha Reflete as águas geladas das cachoeiras em que me … Continuar lendo

Publicado em Reflexão | Marcado com , , | Deixe um comentário

Amor neoliberto da contemporaneidade

Quem me conhece sabe que eu sempre fui uma pessoa sentimental, passional e quase visceral em muitos aspectos (não somente nos românticos). Eu me mantive inúmeras vezes refém de amores impossíveis ou da busca por relacionamentos perfeitos, em que eu … Continuar lendo

Publicado em Sem categoria | 2 Comentários